Portela escolhe samba exaltação ao centenário da escola

Orgulho Secular’, de Samir Trindade, foi a obra campeã, seguida por ‘Alma portelense’, em segundo, e ‘Um sonho de menino’, em terceiro

A Majestade do Samba já tem uma nova canção para marcar o seu centenário: “Orgulho Secular”, de Samir Trindade, foi a obra vencedora do “Concurso de Samba Exaltação ao Centenário da Portela”, lançado no mês de junho. O segundo lugar ficou com “Alma portelense”, de Celso Lopes e Charles André, em terceiro, “Um sonho de menino”, composto por Allan Corrêa, Claudinho Oliveira e Rodrigo Guerra.

Samir Trindade, responsável pela criação do samba vencedor, falou sobre a felicidade de fazer parte deste momento histórico da azul e branca de Oswaldo Cruz e Madureira.

“É uma emoção muito grande por fazer parte dessa história do centenário. Poder contar essa história pros meus netos, que a Portela fez cem anos e realizou um concurso pra exaltar esse acontecimento e tive a felicidade de se vencedor. É inexplicável a felicidade! ”

O compositor contou uma curiosidade sobre “Orgulho Secular”. A canção já existia. Ele já havia criado há algum tempo, porém nunca havia gravado.

“Esse era um samba que tinha guardado em homenagem a Portela. Quando veio o lançamento deste concurso modifiquei algumas coisas pra adaptar a data do centenário e convidei o Gera pra cantar por ter feito parte da minha memória afetiva e de muitos portelenses da minha geração. Demorei pouco tempo fazendo o samba, ele veio fluindo do coração, um dia quem sabe a Portela não pode cantar como esquenta? A obra evoca a ancestralidade da nossa escola, fiz sonhando com isso um dia”, revela Samir.

Confira a seguir a letra do samba:

ORGULHO SECULAR

Compositor: Samir Trindade 

Intérpretes:  Gera e Dani Trindade 

É hora

De erguer nossa bandeira e lutar

Portelense vamos exaltar

Evocar a emoção

O céu se abriu desceram anjos da Portela

E coloriu de azul e branco a passarela

Paulo Benjamim de Oliveira

O rei de Oswaldo Cruz a Madureira

Natal com sua fibra está presente

Conduzindo sua gente

Ao longe vejo a luz de uma Candeia

Do alto um sabiá que nos clareia

Monarco é a força a nos guiar MAJESTOSAMENTE

Voa a águia, desce a lágrima

Portelense é assim

Orgulho secular

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s