‘O aperreio do cabra que o excomungado tratou com má-querença e o santíssimo não deu guarida’ é o enredo da Imperatriz Leopoldinense para o carnaval 2023

Carnavalesco Leandro Vieira se debruça nas visões delirantes dos cordéis nordestinos que contam histórias fantásticas sobre a chegada de Virgulino Ferreira da Silva – o famoso Lampião – ao céu e ao inferno para criar o enredo da Imperatriz



Trinta dias após a contratação do carnavalesco Leandro Vieira, a escola de Ramos divulga o que o artista responsável pelo desenvolvimento estético e conceitual da agremiação está preparando para o próximo carnaval: uma Imperatriz mergulhada no universo visual nordestino, debruçada sobre a literatura popular, o cangaço e as tradições  estéticas e musicais do sertão.

– O enredo se debruça na “peleja” inverossímil e delirante dos cordelistas que, após a morte do cangaceiro Virgulino Ferreira da Silva – o famoso Lampião -, transformaram em jocoso, ficcional e rica literatura o destino pós-morte da mítica personalidade nordestina – diz o carnavalesco.

Cordéis populares sobre o tema, como “A chegada de Lampião no inferno”, “O grande debate que teve Lampião com São Pedro”  ou “A chegada de Lampião no céu” são o mote do brasileiríssimo e rico universo artístico da narrativa proposta.

A sinopse do enredo  “O aperreio do cabra que o excomungado tratou com má-querença e o santíssimo não deu guarida” será apresentada no próximo dia 29 de Junho.

*A logo do enredo foi desenvolvida por Leandro Vieira e o designer Thiago Santos 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s