Toda a luz do meu axé, evoé, evoé’: Vila Isabel escolhe samba para 2023

Com a quadra cheia de componentes e torcedores apaixonados, a Unidos de Vila Isabel escolheu neste domingo o seu samba para o Carnaval 2023, quando cantará o enredo “Nessa Festa, Eu Levo Fé!”. Entre três obras finalistas, peneiradas a partir de 12 inicialmente inscritas, a azul e branca optou pela composição da parceria liderada pelo poeta Dinny da Vila (identificada ao longo do concurso, iniciado em setembro, como samba 13).

Os versos escolhidos vão ilustrar a proposta do carnavalesco Paulo Barros de levar à Sapucaí uma ode às festas de cunho religioso que mobilizam populações do Brasil e mundo afora. Junto a Dinny da Vila, também assinam o hino os compositores Kleber Cassino, Mano 10, Doc Santana e Marcos.

O refrão principal faz referências ao Rei Momo, figura central do Carnaval carioca; ao poeta Noel Rosa, histórico morador do bairro onde está situado a agremiação; à bateria da Vila e ao termo “evoé”, saudação em louvor ao deus Dionísio, associado às festas na mitologia grega.

Diz o trecho: “O Rei Momo convidou minha Vila Isabel / Nessa Festa Eu Levo Fé, sou herdeiro de Noel / No tambor da Swingueira / Toda a luz do meu axé, evoé, evoé”.

O resultado foi anunciado no palco da quadra pelo presidente de honra da Vila, Aílton Guimarães Jorge, o Capitão Guimarães. O dirigente destacou o samba como uma grande promessa para a temporada e disse ainda que a disputa “não deixou perdedores”, num elogio às outras duas obras finalistas (das parcerias lideradas pelos compositores JC Couto e Rafael Tinguinha).

Também participaram do evento Luiz Guimarães, presidente da Vila e Moisés de Carvalho, diretor de Carnaval da escola. Entre as presenças ilustres celebradas pelo público, a rainha de bateria Sabrina Sato e Paulo Barros atraíram a atenção por onde passaram. No palco, o intérprete Tinga e o mestre de bateria Macaco Branco garantiram a trilha sonora de sambas clássicos que embalaram um megashow de segmentos da agremiação.

Foram destaque ainda o bailado do casal de mestre-sala e porta-bandeira Marcinho Siqueira e Cris Caldas, bem como a dedicação ao samba no pé por parte das musas Dandara Oliveira, Andréa Andrade e Paula Bergamin.

No ano que vem, a Vila (e suas estrelas) será a terceira escola a desfilar na Segunda-feira de Carnaval, em 20 de fevereiro.

*Crédito das fotos: Diego Mendes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s