sábado das Campeãs exu reinou na avenida

Exu reinou na Sapucaí no sábado das Campeãs. A grande Rio campeã do carnaval 2022levou para avenida a história de exu desde os primórdios do mundo, com o enredo “Fala, Majeté! As sete chaves de Exu”. Acadêmicos da Grande Rio se tornou a campeã do carnaval carioca pela primeira vez na história após conquistar 269.9 pontos na apuração.

 A maioria das pessoas não sabe o que realmente é o Exu, não estudou o Exu”, explica o zelador espiritual Danilo de Oxóssi.

“O enredo tem um conjunto de importâncias, e a principal delas é desconstruir os estereótipos negativos que foram atribuídos devido a esse processo de racismo religioso à divindade Exu, que é uma divindade múltipla e viva. Mas foi incorporada por todos na Avenida”

Leonardo Bora, um dos carnavalescos da Grande Rio

“É o orixá, é o guardião, é o primeiro que come na mesa dos orixás. O último é Oxalá, que é o rei de todos os orixás. E Exu come primeiro do que ele.

 O desfile das Campeãs iniciou com o Salgueiro retratando a cultura negra e sua essência, a agremiação falou sobre diversos bairros do Rio de janeiro e principalmente aqueles que foram cenário para o sofrimento de diversas vidas negras como o bairro da gamboa. A vermelho e branco da Tijuca mostrou na avenida os heróis negros que fizeram história mundo a fora e são considerados superação.

A Portela iniciou seu desfile com o presidente da agremiação parabenizando a todos pela superação contra a opressão dentro do mundo do Samba, um movimento popular e cultural que vem sofrendo muito e sendo discriminado diante todo cenário do país.  O presidente também convidou a todos para participar futuramente do centenário da Portela.

A porta-bandeira Lucinha Nobre adentrou a avenida de cadeira de rodas,  Lucinha fraturou o quinto metatarso (dedo mindinho), no desfile da vila Isabel, quando foi cumprimentar o irmão Dudu nobre. A porta-bandeira  foi proibida de colocar o pé no chão pelo seu médico. A Vila Isabel deu início ao seu desfile cantando sambas antológicos, e brincou na avenida no sábado das Campeãs. A terceira escola da noite a desfilar, a escola estava leve e solta na avenida. Sabrina Sato a rainha de bateria agremiação, sempre muito atenciosa com todos, estava muito feliz por retornar a Sapucaí no desfile das Campeãs.

Vários artistas passaram na Sapucaí na noite das Campeãs, o clima estava de alegria e tranquilidade na avenida.

A Viradouro cantou e encantou a todos, com letra e melodia do seu samba. O samba que caiu no gosto popular,  pode ser escutado sendo cantado pelo público e desfilantes. Marcelinho Calil, valorizou o terceiro lugar conquistado pela campeã de 2020 e parabenizou a coirmã Grande Rio.

A Beija-Flor de Nilópolis sacudiu a galera no desfile das Campeãs. “Empretecer o Pensamento é Ouvir a Voz da Beija-flor”, passou plena na avenida, muitos desfilantes da agremiação se  mostraram felizes com a colocação,  tendo em vista todo o processo passado devido a Covid-19 e muitos parabenizando a Grande Rio pelo campeonato. O que foi visto na avenida foi um belíssimo carnaval, luxuoso e impecável.

foto: portalsambacarioca e Cristiane Batista

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s