Paraíso do Tuiutí é primeira escola a passar na Sapucaí essa noite (22)

Ana Carolina Motta

O enredo “Batizado Ka Ríba Tí Ye – Que nossos caminhos se abram” apresenta saudações a Orixás e os ensinamentos dos povos originários, trazendo a Diáspora africana.

Primeiro Casal de Mestre-Sala e Porta-bandeira (Foto: Evandro Gomes)

A comissão de frente interpretou a criação do mundo a partir da mitologia iorubá, em que a divindade Oludumarê ordena Oxalá a criar o ser humano, o barro é usado para criar o homem.

Primeiro Casal de mestre-sala e porta-bandeira Raphael Rodrigues e Dandara Ventapane vestem-se de Zumbi e Dandara, fundadores do maior Quilombo do Brasil, em Palmares , se tornaram heróis na história da luta contra a escravidão.

A escola faz homenagem a grandes nomes como  Losi Rupal, a cantora americana Beyoncé, Benjamin Olivira o primeiro palhaço negro do Brasil e os ícones do Carnaval carioca Maria Lata D’ água e Serginho Pandeiro, Ismael Ivo bailarino negro premiado internacionalmente, personalidades revolucionárias e que trouxeram representatividade e visibilidade a cultura negra no Brasil e no mundo.

A rainha de bateria Thay Magalhães representa a energia do samba, já a princesa da bateria Mayara Lima  vem com fantasia de nome “Batuque dos Ogãs”. Mayara viralizou em vídeo de um dos ensaios da escola em que ela mostra todo seu talento e sincronia com a bateria.

Escola estorou o tempo de tolerância, pois o quarto carro alegórico teve dificuldade para entrar na Avenida devido o tamanho da alegoria que ficou presa nas árvores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s