Viradouro encerra os ensaios técnicos e faz teste de luz e som da Marquês de Sapucaí

Por: Gabriela Silva e Diogo Bomfim

Os ensaios técnicos das escolas de samba no Sambódromo do Rio se encerraram neste domingo (10), com a apresentação da Unidos do Viradouro, campeã do carnaval de 2020. Hoje também ocorreram os tradicionais testes de iluminação e som da Marquês de Sapucaí, a partir das 22h.

Antes do último ensaio, foi realizada a tradicional lavagem da avenida promovida pelas baianas de todas as agremiações. O ritual também funciona como um atrativo para boas energias. Como tradição, participaram desse ritual entidade religiosas, integrantes das velhas guardas, crianças de todas as agremiações dos grupos Especial e Série Ouro. Estiveram presentes ainda, casais de mestres-salas e porta-bandeiras, além do bloco Cacique de Ramos e do afoxé Filhos de Gandhi.

Neste ano, a Unidos de Viradouro que reúne grandes nomes como o da apresentadora e jornalista Maju Coutinho, da Rainha de Bateria da agremiação Erika Januza e da dançarina e digital influencer Lore Improta, tenta o bicampeonato do Grupo Especial com um enredo que vai destacar o sentimento dos cariocas na folia de 1919, que marcou o fim da pandemia da Gripe Espanhola. A carta de amor da agremiação fala do reencontro com a avenida, relembrando o dia 5 de março de 1919. O Carnaval de 1919 foi o primeiro após a Primeira Guerra Mundial e após a pandemia da gripe espanhola, que deixou 50 milhões de mortos. A quarta-feira de cinzas do Carnaval daquele ano foi justamente no dia 5 de março. No ano seguinte, o Rio de Janeiro teve três meses de folia para comemorar o fim da guerra e da peste. A Viradouro pretende recriar o clima da cidade na época. Com composição de Ademir Ribeiro, Devid Gonçalves, Fábio Borges, Felipe Filósofo, Lucas Marques e Porkinho, e interpretação de Zé Paulo Sierra, o samba-enredo da escola de Niterói para o Carnaval 2022 é “Não Há Tristeza Que Possa Suportar Tanta Alegria”. O samba tem uma proposta diferente: ser uma carta de um pierrô para uma colombina.

Esteve presente hoje, o Prefeito do Rio Eduardo Paes. Amante do Carnaval, ele não se intimidou em posar para fotos segurando o seu copinho de cerveja em momentos de descontração. Alem do prefeito quem tambem marcou presença na avenida foi o Bruno Mattos vice presidente da Riotur.

Apesar dos problemas técnicos no vôo para o Rio, a dançarina e bailarina Lore Improta, marcou presença e pisou no palco sagrado da Marquês de Sapucaí com uma fantasia pra lá de sensual. A musa esbanjou simpatia e aproveitou para posar para foto com admiradores e com a imprensa.

O Presidente da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), Jorge Perlingeiro, comemorou o resultado do retorno dos ensaios técnicos à Sapucaí, que se encerra essa noite. Ele disse que os testes das agremiações levaram em média 30 mil pessoas, por noite, à Sapucaí, num evento popular e sem a cobrança de ingressos.

Vale lembrar que mais de 35 mil pessoas estiveram na Sapucaí no último domingo (3) para prestigiar os ensaios técnicos da Mocidade Independente de Padre Miguel e da Grande Rio, respectivamente, a terceira colocada e a vice-campeã do Carnaval de 2020. Ao término do ensaio e para que o público pudesse deixar o Sambódromo com tranquilidade, na volta para casa, o metrô circulou até meia-noite.

Neste mesmo horário partiram composições especiais da SuperVia, da Central do Brasil com destino aos ramais de Japeri, Santa Cruz e Gramacho.

FOTOS: PORTAL SAMBA CARIOCA

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s