Ensaio Técnico (20) da Tuiuti, Vila Isabel e Mangueira na Marquês de Sapucaí

Primeira escola a desfilar paraíso do Tuiuti enfrentou a chuva com garra. Renato Thor presidente da agremiação no início do desfile declarou para o público o quão importante era aquele momento. Histórias de luta e superação serão contadas em plena avenida “Ka ríba tí ÿe – Que nossos caminhos se abram”, com Paulo Barros no comando, o carnavalesco pretende levar histórias de superação e reverenciar nomes de figuras negras que mudaram o rumo da história. passando por Obama, por Mandela e Catherine Johnson, que foi uma das responsáveis por colocar o homem em órbita da Terra, Paulo pretende remeter esses personagens a santos do candomblé.  

A segunda escola a desfilar na Sapucaí foi a unidos de vila Isabel, a escola que homenageia Martinho da vila deu um show de canto na avenida, levantou o público ao completo delírio.  No momento do desfile a chuva ainda estava presente, porém de forma mais fraca, mas nada impediu a agremiação da terra de Noel de cantar o hino de forma a emocional a todos na arquibancada e fora dela, a energia que pairava no ar era de alegria e satisfação.

Sabrina Sato como sempre muito solicita e delicada com seus fãs e repórteres, vestia uma fantasia azul com detalhes de amarras nas laterais mostrou todo seu estilo e samba no pe. O primeiro casal de MS e PB brilhou na avenida, com bailados sincronizado Cristiane caldas e Marcinho pareciam não ver dificuldade quanto a pista molhada e mostraram que estão prontos para o dia do desfile oficial faça chuva ou faça sol. A escola veio completa quanto ao seu número de componentes, veio grande, mas muito bem organizada.

A estação primeira de mangueira escola que fechou os desfiles técnicos da noite de domingo, testou o coração de todos na avenida, muito empolgante a escola também veio com o máximo de seus componentes, apesar da chuva a paixão falou mais alto.  A comissão de frente da mangueira entrou com quinze componentes na avenida, comandada por Priscila mota e rodrigo Neri que também comandam a comissão da união da ilha a dupla renomada faz parte do teatro municipal como primeiro solista.

A rainha Evelyn bastos em declaração sobre as rainhas de bateria: “  A  Nossa entrega depende muito do nosso amor, da nossa identidade com a nossa escola, cada rainha de bateria tem a sua história e merece o reconhecimento de cada um dos sambistas do carnaval, amo isso aqui, aqui está a minha história, a estação primeira de mangueira me construiu e quando eu venho dançar samba a frente desta bateria, eu venho contar um pouco da minha história, colocar a alma para fora, é inexplicável” fala Evelyn em entrevista no início do desfile. A morena vestia um macacão com detalhes de flores cor de pele e mostrou estar em forma para os desfiles.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s