Acadêmicos da Diversidade abordará conscientização ambiental no Carnaval 2022

Preocupado com tantas catástrofes naturais que tem assolado todo o planeta, o Acadêmicos da Diversidade vai levar para a avenida no Carnaval 2022, um enredo que roga forças a todas as entidades e orixás ligados à floresta e à ecologia, para que as pessoas parem de destruir a natureza. Com o tema “Os Guardiões Indígenas da Floresta Natural: Salve Oxóssi e a Preservação Ambiental!”, a escola roga pela cura, que pode vir através da conscientização do próprio ser humano, principal responsável pelo desmatamento, poluição e destruição da natureza.  

Para materializar o enredo e transmitir a mensagem através dos elementos que irão compor o desfile, a diretoria do Acadêmicos da Diversidade apostou numa comissão formada pelo Diretor Artístico Jorge Caribé e os carnavalescos Ismael Costa e Evandro Sebastian. Bastante conceituado no Carnaval por todo o Brasil, Jorge Caribé comentou a importância do tema.

– Nosso enredo é de grande importância para a humanidade! Nosso Carnaval é um súplica onde se reunem as forças mágicas e místicas das florestas, invocando Oxóssi, a Cabocla Jurema, os Índios, para juntos eles criarem uma solução para que possamos atingir a tão sonhada paz e saúde da população – Destacou Caribé.

Falar sobre assuntos ecológicos no Carnaval não é nenhuma novidade. Por isso, a importância do desenvolvimento e a materialização do enredo num bom desfile se faz ainda mais necessário para que a mensagem seja efetiva, como conta o Carnavalesco Ismael Costa.

– A materialização do nosso desfile será de fácil leitura, pois estamos falando do povo verdadeiro, do verdadeiro Dono da Terra, numa explosão de cores, como é a bandeira da Diversidade, mas com leveza, com muito samba no pé, garra da comunidade e acredito que faremos um belo desfile – Contou o Carnavalesco Ismael.

A mensagem que será passada pela escola de samba Acadêmicos da Diversidade é de suma importância para toda a população, inclusive o anseio geral é que se deixe um legado, como enfatiza o também carnavalesco Evandro Sebastian.

– Após nosso desfile, espero que possamos deixar um verdadeiro legado, fazendo com que o público e principalmente os governantes, possam valorizar a importância que é manter nossas florestas vivas. E que tenham consciência que é possível sim usufruir sem precisar destruir – Concluiu Evandro.

Campeã do Grupo de Avaliação em 2019 e após conquistar o acesso na Série Bronze em 2020, o Acadêmicos da Diversidade irá desfilar pela Série Prata da Superliga Carnavalesca do Brasil na Intendente Magalhães, no dia 29 de abril, buscando uma vaga no Carnaval do ano que vem na Marquês de Sapucaí.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s