Beija-Flor realiza missa de sétimo dia para exaltar a memória do intérpete Bakaninha

Junto ao seu tradicional ensaio, realizado todas as quintas-feiras, a Beija-Flor de Nilópolis promove hoje, na quadra da escola, a missa de sétimo dia em homenagem ao intérprete Gilson Conceição Júnior, conhecido como Bakaninha. O músico era o principal apoio da voz de Neguinho da Beija-Flor na Marquês de Sapucaí e morreu na sexta-feira passada, prestes a completar 31 anos, em um acidente de carro em Mesquita, na Baixada Fluminense. 

A exaltação da memória de Bakaninha será feita a partir de 20h, com a presença de familiares, amigos, admiradores e do público em geral. O ensaio será iniciado em seguida, a partir de 21h. A diretoria da agremiação solicitou que todos os presentes vistam a cor branca, em respeito à partida do artista. 

Bakaninha dedicou boa parte da sua própria vida à Beija-Flor. Cria da escola, inspirou-se no amor que o avô, Vicente, e o pai, Gilson Bacana, nutriam pela azul e branca. Começou a desfilar aos cinco anos na bateria mirim da Deusa da Passarela e, desde 2009, integrava o carro de som ao lado de Neguinho. A voz oficial da escola, inclusive, já havia escolhido Bacaninha como seu futuro sucessor — o “herdeiro” do microfone número um.

Credito das fotos: Eduardo Hollanda.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s