Disputa de samba para o q Carnaval tem início na Beija-Flor, com cuidados redobrados contra Covid-19

Começou nesta quinta-feira à noite a disputa de sambas-enredo da Beija-Flor de Nilópolis para o próximo Carnaval, quando a escola cantará o enredo “Empretecer o pensamento é ouvir a voz da Beija-Flor”. Com 30 obras inicialmente inscritas, o concurso está sendo realizado presencialmente na quadra da azul e branco através de um esforço de diretores e componentes para colocar em prática os protocolos estabelecidos por autoridades da Saúde contra a Covid-19.


Além de os eventos serem fechados ao público, a quadra da Deusa da Passarela está ficando praticamente vazia durante as apresentações das obras. Apenas os compositores estão sendo autorizados a acompanhar o momento em que seus próprios sambas são vocalizados, com apoio de uma formação mínima da Bateria Soberana. Os poetas ficam isolados em camarotes da quadra e deixam o espaço em poucos minutos. Cantores e músicos são convidados a permanecer distantes enquanto trabalham. O uso de álcool gel e máscaras de proteção é regra para todos os poucos presentes.

— É uma forma de deixar as pessoas isoladas e tentar não criar aglomerações. Para quem quer ouvir o próprio samba, creio que está muito bom. Perde um pouco do calor do samba, suor e cerveja. Mas acredito que os compositores vão gostar — afirma o diretor de carnaval Dudu Azevedo.

Para garantir a inclusão do público na disputa, a Beija-Flor disponibilizará a partir de segunda-feira, nas redes sociais, vídeos com as apresentações dos sambas-enredo. Serão as primeiras versões gravadas das canções, que não foram registradas em estúdio e em videoclipes, a pedido da agremiação.

Para a porta-bandeira Selminha Sorriso, que acompanhou a primeira rodada de apresentações dos sambas, o novo formato do concurso evidencia como as escolas de samba estão resistindo à pandemia.

— É muito diferente. Um momento de reflexão e de muito agradecimento porque estamos resistindo e nos adaptando ao momento. Eu e as poucas que estão aqui sentimos falta do calor humano, mas apesar de ser difícil não deixou de ser emocionante. Em breve, estaremos comemorando esse grande enredo e a chegada da vacina — projetou Selminha.

As apresentações das obras concorrentes seguirão ocorrendo às quintas-feiras na Beija-Flor, sem a presença do público. Até o fim do ano, a previsão é que apenas dez obras sigam na disputa. Os detalhes dos cortes de samba e as gravações das obras serão divulgados semanalmente através das redes sociais da escola.

Fotos: Eduardo Hollanda

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s