Prefeitura do Rio já lançou quatro seleções públicas

inscrições seguem abertas até a próxima semana. Imagem: Divulgação

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, já lançou quatro seleções simplificadas da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc: Prêmio Ações Locais, credenciamento de Pareceristas, Prêmio Arte e Escola e Preservação à Memória Técnica. As inscrições seguem abertas até a próxima semana, no site da Secretaria, e os valores das premiações chegam a R$13 mil por projeto. Para todas as inscrições, é necessário o preenchimento do formulário online e envio de documentos solicitados em cada seleção.

Seleções com inscrições abertas:

AÇÕES LOCAIS

Destinada a atividades e projetos nos campos da cultura, arte e comunicação, a premiação tem inscrições abertas até o dia 30/10.  Poderão participar da seleção pessoas físicas com 18 anos ou mais, pessoas jurídicas na qualidade de MEI, e grupos e coletivos não formalizados juridicamente, residentes do município do Rio de Janeiro.

As atividades propostas devem prever ainda, a possibilidade de transmissão online, através das redes sociais e outras plataformas e registro em vídeo das ações realizadas. Cada ação local selecionada receberá o prêmio de R$13.178,29 mil para a execução das atividades, que deverão ter um cronograma de realização das ações em até 90 dias a contar do recebimento do recurso. Para maiores informações, basta entrar em contato através do e-mail: lab.acoeslocais.culturario@gmail.com

Para a efetivação da inscrição é necessário o preenchimento do formulário online e o envio correto de todos os documentos solicitados, no link: https://forms.gle/NDhPM8DfA4iqKQ8H9

ARTE E ESCOLA

Com inscrições abertas até às 23h59 do dia 27 de outubro, a seleção irá premiar, com R$13 mil,  258 oficinas culturais livres ou atividades práticas e lúdicas, para serem realizadas para alunos da rede municipal de ensino de forma virtual ou fisicamente em escolas da rede municipal, ou ainda em bibliotecas da rede da Secretaria Municipal de Cultura. Mais informações: lab.arteescola.culturario@gmail.com

Para a efetivação da inscrição é necessário o preenchimento do formulário online e o envio correto de todos os documentos solicitados, no link:
https://forms.gle/Mz59RZPvEEEcdZMw6

PRESERVAÇÃO À MEMÓRIA TÉCNICA

Irá premiar cerca de 1.800 técnicos com  R$ 1.232,34. Podem participar técnicos que atuam como som, responsável pela luz, maquiagem, cenógrafo, figurinista, fotógrafo, videomaker, diretor, editor, mestres e mestras, dentre outros. O objetivo é que os profissionais enviem vídeos com depoimentos que auxiliarão a formar um acervo de memória dos trabalhos técnicos nas montagens e produções do início deste século. Para mais informações, basta enviar um e-mail para: lab.memoriatecnica.culturario@gmail.com

Para a efetivação da inscrição é necessário o preenchimento do formulário online e o envio correto de todos os documentos solicitados, no link: https://forms.gle/2Vozdq5wuHPdrjfU8

PARECERISTAS

Com inscrições abertas até às 18h do dia 30 de outubro, a seleção irá credenciar, por meio de formação de banco de currículo, pareceristas para a análise técnica dos projetos. Para participar é preciso ter curso superior e/ou técnico na área de Humanas ou experiência comprovada com mínimo de 05 (cinco) anos na elaboração e formatação de projetos culturais. A remuneração é no valor de R$1900.

Para a efetivação da inscrição é necessário o preenchimento do formulário online e o envio correto de todos os documentos solicitados, no link: https://forms.gle/DmXiH71kMaHmdgQ86

Todos os regulamentos e seus respectivos anexos estão disponíveis no site da Secretaria: http://www.rio.rj.gov.br/web/smc/

Sobre a Lei Aldir Blanc:

A Lei Federal nº 14.017 de 29 de junho de 2020, dispõe sobre as ações emergenciais destinadas ao setor cultural a serem adotadas durante o estado de  calamidade pública reconhecido pelo Decreto Legislativo Federal nº 6, de 20 de março de 2020 sobre as ações emergenciais destinadas ao setor cultural a serem adotadas durante o estado de calamidade pública reconhecido pelo Decreto Legislativo Federal nº 6, de 20 de março de 2020.

A Lei está dividida em três linhas de execução. A primeira, é a distribuição de renda (auxílio) que é responsabilidade do Estado. A segunda cabe aos municípios, que é o pagamento do benefício em forma de subsídios para a manutenção de espaços artísticos e culturais, micro e pequenas empresas, organizações comunitárias e cooperativas do setor.

A última linha é de responsabilidade de estados e municípios, através de seleções simplificadas, chamamentos públicos e prêmios, todos destinados a atividades, produções e capacitações culturais culturais.

Fonte: prefeitura do Rio de Janeiro

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s