RODA DE SAMBA MARCA ENCERRAMENTO DA TURNÊ DE BIANCA MONTEIRO PELO JAPÃO

Rainha de bateria da Portela promoveu 12 oficinas de samba e visitou importantes pontos turísticos do país asiático

Uma grande roda de samba marcou o fim da turnê da rainha de bateria da Portela, Bianca Monteiro, pelo Japão. Com a presença de 70 japoneses, o evento sacudiu o salão Honjo Chiiki Plaza Big Ship, no distrito de Taito, em Tóquio, no último domingo (9), com muitos sambas de quadra e de enredo da Portela. O clima de descontração deu o tom da festa, já que cada um podia levar sua própria bebida, além dos seus quitutes favoritos. Os convidados também estavam liberados a levar instrumentos para participar da roda. Uma bandeira de três metros da Portela decorou o salão onde Bianca concedeu autógrafos e tirou fotos com o púbico, que era formado, em sua maioria, por alunas das oficinas de samba ministradas nos estados de Tóquio, Kanagawa e Chiba.  Durante as atividades, Bianca comandou 12 workshops voltados para passistas e outros para rainhas de bateria locais. Além de mostrar os movimentos básicos da dança do samba, a rainha da Tabajara ensinou passos de desfiles e de shows. “Desde a primeira oficina, as participantes evoluíram bastante. Muitas já possuíam a base, mas a falta de treinamento fez com que elas esquecessem algumas regras básicas, como posicionamento das mãos e postura. O que eu fiz foi corrigir alguns pontos, tirar vícios e insistir para que elas não deixem de treinar. Outro ponto importante foi mostrar que por trás da dança do samba está a maior expressão da cultura popular brasileira e, ainda, que a prática dessa cultura foi e é uma forma de resistência”, destacou Bianca. A vice-presidente do Consulado da Portela no Japão, Kishuko Sudoh, elogiou o trabalho de Bianca e comemorou o sucesso da turnê. “Bianca trouxe sua experiência de passista, princesa do Carnaval e rainha de bateria da comunidade para nos esclarecer as particularidades que esta função possui. O que uma rainha deve fazer à frente da bateria? Qual a importância de uma rainha da comunidade? O que isso tem a ver com a história do samba e da Portela? Tudo isso nós vimos nas oficinas. além de muita técnica e evolução na dança”, comentou Kishuko. Durante sua estadia no arquipélago, a rainha da Portela provou pratos típicos de várias regiões do país e visitou templos budistas e santuários shintoístas. Ela também conheceu importantes pontos turísticos como Tokyo Skytree e o moderno Museu Edo-Tokyo, que conta a história da capital japonesa desde 1603, através de maquetes, objetos que reproduzem o período e telas planas tocáveis. “Diferente dos museus que apresentam quadros e peças antigas, o Edo-Tokyo nos leva numa viagem no tempo. Qualquer pessoa sai do local sabendo exatamente o que ocorreu nos últimos 400 em Tóquio”, exaltou Bianca.
A viagem de 12 dias da rainha foi organizada pelo Consulado portelense no Japão em parceira com a bateria Tabajara do Samba e o Departamento Cultural da Portela. Ainda em 2019, o Consulado promoverá novas turnês e oficinas.  
Foto: Kuniharu KimuraLegenda: Confraternização marcou fim da viagem de Bianca Monteiro ao Japão

Fonte: http://www.gresportela.org.br/Noticias/Detalhes/roda-de-samba-marca-encerramento-da-turne-de-bianca-monteiro-pelo-japao


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s